Tropas dos EUA matam dez milicianos xiitas em combates em Cidade de Sadr

Bagdá, 9 mai (EFE).- Tropas americanas mataram hoje dez supostos milicianos xiitas em Bagdá, quando estes atacavam forças da coalizão com lança-granadas e armas leves, segundo o comando militar dos Estados Unidos.

EFE |

Em comunicado divulgado hoje, o Exército dos EUA afirmou que seis dos "criminosos" morreram nesta quinta-feira no bairro xiita de Cidade de Sadr, no leste de Bagdá, em quatro incidentes diferentes nesta populosa área, principal reduto da milícia Exército Mehdi, de Moqtada al-Sadr.

A nota acrescentou que não houve baixas entre as tropas americanas durante os ataques.

"Os criminosos dos grupos especiais - como os EUA designam os milicianos do Exército Mehdi - continuam perturbando a segurança da comunidade iraquiana", disse na nota o tenente-coronel Steve Stover.

"Junto com as forças de segurança iraquianas, levaremos os criminosos à Justiça", acrescentou.

Por sua vez, em outro comunicado, as forças americanas informaram sobre a utilização de mísseis Hellfire, lançados a partir de helicópteros, contra supostos milicianos xiitas que carregavam foguetes em um veículo e contra um grupo de supostos milicianos que tinham disparado contra os militares americanos.

Quatro milicianos xiitas morreram nesses dois ataques, segundo a nota. EFE ah/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG