Tropas dos EUA e Afeganistão lançam ofensiva sobre enclave talibã

WASHINGTON - Milhares de soldados da Marinha dos Estados Unidos e tropas afegãs lançaram hoje um ataque sobre um enclave talibã no sul do Afeganistão no que constitui a maior ofensiva militar nesse país desde 2001.

EFE |

Fontes oficiais citadas por "The Washington Post" indicaram que a incursão foi autorizada pelo presidente Hamid Karzai depois de se encontrar nesta sexta-feira com o embaixador dos EUA, Karl Eikenberry, e o general Stanley McChrystal, comandante das forças da Otan no Afeganistão.

A ofensiva começou na madrugada afegã de sábado (19h30 da sexta-feira em Brasília) quando a primeira onda de marines e soldados afegãos desembarcaram de mais de 30 helicópteros CH-53 de transporte nos arredores da comunidade agrícola de Marja.

No total, participam 3.500 marines acompanhados por cerca de 1.500 soldados afegãos de infantaria com o apoio de outras milhares de tropas de bases próximas, informou o jornal.

Na operação também participam tanques e caminhões blindados para a detecção de minas.

Segundo "The Washington Post", os marines que participam da operação em Marja correspondem às novas unidades que chegaram ao Afeganistão depois que o presidente Barack Obama decidiu aumentar o contingente militar em 30 mil homens para combater os talibãs.

Acrescentou que o objetivo da ofensiva é privar os militares de um reduto na província de Helman onde, segundo a inteligência militar, existem centros de manufatura de artefatos explosivos e laboratórios para o processamento de drogas. EFE ojl/ma

    Leia tudo sobre: eua no afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG