Bagdá, 25 ago (EFE).- Dois supostos dirigentes da rede da Al Qaeda no Iraque foram detidos por tropas americanas no transcurso de uma recente operação em Bagdá, informou hoje o comando militar dos Estados Unidos no país árabe.

Em comunicado, a cúpula militar identificou os detidos como Salim Abdala Ashur al-Shujayri, conhecido como Abu Uzman, e Ali Rash Nasir Shamari, que também responde pelo nome de Abu Tiba.

Segundo os militares, os supostos líderes da Al Qaeda foram detidos em duas operações diferentes promovidas nos dias 11 e 17 de agosto.

As tropas americanas consideram Abu Tiba, suspeito de terrorismo desde 2005, o principal assessor da Al Qaeda em Bagdá, oferecendo conselho e assistência para escolher os alvos para seus subordinados na cidade, entre eles Abu Uzman.

Por sua parte, Abu Uzman supostamente supervisionou atentados com carro-bomba e suicidas contra civis na capital iraquiana.

Além disso, os militares americanos lhe consideram o planejador do seqüestro da jornalista americana do "Christian Science Monitor" Jill Carroll, em janeiro de 2006. EFE ah/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.