Exércitos de três países africanos lançaram neste domingo uma ofensiva conjunta contra rebeldes ugandenses baseados no leste da República Democrática do Congo. Segundo representantes militares de Uganda, tropas do país, além das do Congo e do Sudão participaram do ataque ao Exército de Resistência do Senhor (LRA, na sigla em inglês), na região de Garamba.

O líder do grupo, Joseph Kony, é procurado pelo Tribunal Criminal Internacional de Haia.

O governo ugandense vem tentando negociar um acordo de paz com o LRA, mas Kony exigiu a suspensão dos mandados de prisão contra ele e seus parceiros antes de aceitar qualquer proposta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.