Cabul, 12 dez (EFE).- Pelo menos três civis morreram hoje na província afegã de Wardak vítima de tiros disparados pelas tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) contra um ônibus.

O incidente aconteceu depois que o ônibus se aproximou de uma patrulha das forças internacionais e ignorou as instruções de parar.

Segundo um comunicado da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), missão sob comando da Otan, os três afegãos morrerem no distrito de Sayed Abade.

"Uma patrulha da Isaf observou um ônibus que se aproximava em direção a sua patrulha na estrada que une Cabul a Kandahar. A patrulha fez disparos de alerta, e depois que o ônibus não parou, se atirou contra seu motor", diz a nota.

As autoridades regionais já foram informadas por um comando militar da Otan da morte dos civis e a Isaf assegurou que iniciou uma investigação. EFE nh/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.