Tropas americanas no Afeganistão celebram vitória de Obama

Soldados da maior base militar americana no Afeganistão saudaram nesta quarta-feira a eleição de Barack Obama, que será seu novo comandante-em-chefe, mas afirmaram que o resultado não altera sua missão de derrotar os talibãs.

AFP |

"É uma eleição histórica", disse à AFP o major Rory Aylward, na base de Bagram, ao norte de Cabul.

"Estou feliz porque muitas pessoas foram votar. Me faz sentir que o que estou fazendo aqui vale a pena", acrescentou.

De acordo com Aylward, a eleição de Obama não modificará a presença das tropas americanas no Afeganistão.

"Não acredito que mude muito. Entendi que a estratégia será revisada", acrescentou.

Para o tenente-coronel Kirk Jensen, a eleição de Obama, o primeiro negro que se torna presidente dos Estados Unidos, é bem-vinda, mas não uma surpresa.

"Aconteceu o que se esperava. Barack era o grande favorito. Fico feliz. As coisas vão mudar", acrescentou Jensen.

Tropas americanas - atualmente 33.000 oficiais - estão mobilizadas no Afeganistão desde 2001, quando expulsaram do poder os talibãs, meses depois dos atentados de 11 de setembro nos Estados Unidos.

br-wm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG