Bagdá, 7 abr (EFE).- As tropas americanas e britânicas mobilizadas no Iraque negaram hoje que um avião de combate dos Estados Unidos tenha atacado na noite passada uma casa no oeste de Basra, mas confirmaram que houve uma grande explosão nessa área.

Antes, um porta-voz da milícia xiita Exército Mehdi havia afirmado que oito milicianos morreram em conseqüência da explosão, que teria sido originada pelo ataque de um caça-bombardeiro dos EUA.

"Aviões de reconhecimento americanos sobrevoaram o bairro de Asdiqa na noite passada e detectaram uma grande explosão, que causou vítimas", afirma um comunicado distribuído de forma conjunta pelos dois comandos militares.

"As forças da coalizão não participaram desse incidente", acrescenta a nota.

"Estamos a par da explosão da noite passada, mas não temos nada a ver com ela", diz no comunicado um porta-voz das tropas britânicas, e acrescenta que "a explosão pode ter sido resultado da manipulação de explosivos". EFE ah/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.