Tropas americanas detêm suposto espião iraniano no Iraque

Washington, 19 dez (EFE).- As tropas americanas posicionadas no Iraque detiveram um suposto agente da inteligência iraniana e dez suspeitos de terrorismo em várias operações realizadas nos últimos dois dias, comunicou hoje o Pentágono.

EFE |

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos disse que, baseando-se em informações de seu serviço secreto, as tropas que operam na região de Qastin, ao norte de Bagdá, detiveram um suposto comandante do serviço de operações especiais do Irã.

Segundo informações, o detido pode ter treinado rebeldes iraquianos em acampamentos organizados pelo corpo de elite da Guarda Republicana iraniana.

De acordo com a nota do Pentágano, os soldados americanos foram até as proximidades da casa do suspeito, que se identificou e não opôs resistência.

Em operações não relacionadas, foram capturados em Bagdá dois suspeitos de recrutar membros para a Al Qaeda e outros cinco supostos terroristas.

Em Jalula, ao norte da capital iraquina, o Exército americano deteve outro suspeito de trabalhar como mensageiro para a Al Qaeda.

Além disso, na localidade de Dawr, também ao norte de Bagdá, foi detido um suspeito de fazer parte do aparelho financeiro da organização terrorista.

Já em Kirkuk, em uma operação conjunta entre as tropas americanas e o Exército iraquiano, os soldados detiveram o suposto líder regional da Al Qaeda. EFE elv/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG