Tripulação de avião carregado de armas é indiciada na Tailândia

Os cinco membros da tripulação de um avião apreendido em Bangcoc no sábado passado foram indiciados por posse ilegal de armas. Os cinco homens - quatro do Cazaquistão e um de Belarus - ficarão presos 12 dias sem direito a fiança, para que sejam investigados.

BBC Brasil |

Acredita-se que o avião de carga partiu da Coréia do Norte e havia pedido autorização de pouso para reabastecer em Bangcoc.

Quando foi inspecionado, descobriu-se que ele transportava mais de 30 toneladas de armamentos.

A carga incluía granadas lançadas por foguetes, explosivos e componentes para a fabricação de mísseis.

Intriga internacional
Até agora, não é sabido qual era o destino final do avião e das armas.

Acredita-se que o avião tenha iniciado sua viagem na Ásia central.

A nave fez vários pousos na rota para a Coreia do Norte, inclusive uma escala na Tailândia na sexta-feira.

Mas quando o avião retornou ao país no sábado pela manhã, as autoridades encontraram grande quantidade de armamentos depois de inspecioná-lo.

Há informações de que a nave seguiria para o Sri Lanka, onde iria se reabastecer. Mas especula-se que o destino final poderia ser o Paquistão, ou o Iêmen.

Os investigadores tailandeses têm agora mais 12 dias para interrogar a tripulação, mas até agora os cinco homens negaram ter conhecimento da carga que transportavam.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG