Triplo atentado terrorista deixa mortos na Chechênia

Homens-bomba detonam explosivos no centro da capital e deixam ao menos nove mortos e 22 feridos

iG São Paulo |

Um triplo atentado terrorista em Grozni, capital da república russa da Chechênia, deixou ao menos nove mortos e 22 feridos na noite de terça-feira, informou o Ministério do Interior da Rússia. As vítimas são sete policiais, uma autoridade do Ministério das Situações de Emergência e um civil.

AP
Explosões destruíram a fachada de um café em Grozni, na Chechênia

Os atentados ocorreram no centro da cidade, em local próximo ao Parlamento da República, por três homens-bomba chechenos.  A primeira explosão aconteceu quando a polícia tentava deter um suspeito para verificar sua identidade. O homem detonou os explosivos que transportava e matou dois policiais.

Outros dois suicidas detonaram explosivos minutos mais tarde na mesma área, quando policiais se dirigiram ao local do primeiro ataque.

As explosões acontecem enquanto os muçulmanos celebram o fim do Ramadã, considerado um mês sagrado, e ilustram a fragilidade da Chechênia diante da violenta rebelião no Cáucaso russo, que Moscou não consegue controlar há 15 anos.

"Os atentados demonstram que não existe nenhuma estabilização na Chechênia, da maneira como exige Moscou", afirmou à AFP Alexei Malachenko, especialista na região do Cáucaso do centro Carnegie de Moscou.

Depois da primeira guerra da Chechênia (1994-1996), travada entre forças russas e separatistas, a rebelião se ampliou progressivamente em meados dos anos 2000 e virou um movimento islamita armado muito ativo em todo o Cáucaso do Norte.

"No dia mais sagrado estes criminosos trouxeram a desgraça a dezenas e centenas de famílias",afirmou o presidente da Chechênia, Ramzan Kadyrov. "Basta que comecemos a falar em suavizar nossa política com relação aos guerrilheiros para que estes comecem a derramar o sangue dos inocentes. Mais uma vez comprovei que só as medidas mais duras podem acabar com este mal."

Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: rússiachechêniaataqueterrorismogrozniexplosão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG