Triplo atentado no Iraque deixa 27 mortos e 70 feridos

Quartel-general da polícia em Kirkuk, norte do país, foi alvo das explosões de carros-bomba

iG São Paulo |

AP
Forças de segurança do Iraque inspecionam cenário de ataque em Kirkuk, no norte do Iraque
A explosão de duas bombas deixou ao menos 27 mortos nesta quinta-feira em um quartel-general da polícia em Kirkuk, 240 km a norte de Bagdá, segundo autoridades locais. Vários ficaram feridos no duplo atentado, e uma terceira explosão 45 minutos depois em um estrada para um hospital da cidade elevou o número de feridos para pelo menos 70, disse o diretor de saúde da província de Kirkuk, Siddiq Omar.

A primeira detonação, causada por uma bomba em um automóvel, aconteceu às 9h20 local (3h20 de Brasília), no centro da cidade, localizada a 240 quilômetros ao norte de Bagdá. Instantes depois, um carro-bomba explodiu perto do local do primeiro ataque.

Às 10h30 (04h30 de Brasília), um terceiro carro-bomba foi detonado no centro de Kirkuk, quando passava por ele o comboio do chefe do departamento de investigações criminais da polícia, coronel Aras Mohamed, que ficou ferido juntamente com outras 13 pessoas.

Esses atentados acontecem um dia depois do anúncio das autoridades iraquianas sobre a prisão de um suposto chefe militar da Al-Qaeda no Iraque, em uma operação do Exército a oeste de Samarra, 110 km a oeste de Bagdá.

*Com EFE, AP e AFP

    Leia tudo sobre: iraqueataquekirkukcurdistão iraquiano

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG