Trinta prefeitos tchecos pedem a Obama que ponha fim a projeto de escudo antimísseis

Trinta prefeitos da República Tcheca que se opõem à instalação em seu país do escudo antimísseis norte-americano pediram ao presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, que ponha fim a esse perigoso projeto.

AFP |

"Pedimos que reexamine a atitude do governo norte-americano frente à instalação de elementos de defesa antimísseis na Europa e ponha fim a esses perigosos projetos", indicaram os prefeitos em uma carta da qual a AFP obteve uma cópia.

Esses políticos tchecos entendem que o projeto "já aumentou não só a tensão entre Estados Unidos e Rússia, como também entre Estados Unidos e Europa, e levará a uma nova escalada armamentista".

Lembram também que "dois terços dos tchecos não estão de acordo" com a instalação de um escudo em seu território, pois o projeto não estava no programa de nenhum partido político e nunca foi discutido publicamente antes que o governo do primeiro-ministro tcheco, Mirek Topolanek, firmasse os acordos bilaterais com Washington.

O acordo, assinado por ambos os países em julho, prevê a instalação de uma estação de radar em território tcheco como parte desse escudo antimísseis norte-americano que os Estados Unidos consideram necessário para prevenir ataques potenciais de países como o Irã.

A Rússia rejeita o escudo e ameaçou instalar mísseis Iskander no enclave russo de Kaliningrado, localizado entre Polônia e Lituânia.

sof/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG