As autoridades sanitárias canadenses anunciaram nesta terça-feira 30 novos casos de gripe suína no país, entre eles um no território de Yukon, no extremo norte, elevando a 358 o número de pessoas infectadas pelo vírus A (H1N1).

A província de Quebec (leste) confirmou nove novos casos, todos benignos, e a de Nova Escócia (leste), onde foram detectados os primeiros casos no país, anunciou outros sete.

A província de Alberta (oeste), que tinha 53 casos confirmados, anunciou na sexta-feira a primeira vítima da gripe suína no Canadá, uma mulher de cerca de 30 anos que tinha outros problemas de saúde.

Assim, a divisão dos casos no Canadá é a seguinte: 113 em Ontario (leste), 83 na Columbia Britânica (oeste), 64 na Nova Escócia, 53 em Alberta, 26 em Quebec, 12 em Saskatchewan, três na ilha Prince Edward, dois em New Brunswick, dois em Manitoba (centro) e um em Yukon (noroeste).

sab/yw/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.