Tribunal realiza audiência sobre retirada de boneco de vodu de Sarkozy

Paris, 23 out (EFE).- O Tribunal de Grande Instância de Paris, requerido pelo procedimento de urgência, realiza hoje uma audiência para tratar a demanda do presidente francês, Nicolas Sarkozy, para que seja retirada a venda de um boneco dele com agulhas e um manual para fazer vodu.

EFE |

Sarkozy denunciou a editora K&B, que vende o boneco há 15 dias pela internet, além de outro da ex-candidata socialista à Presidência Ségolène Royal.

A empresa fez uma tiragem de 12 mil exemplares dos manuais de vodu, vendido a 12,95 euros e que são acompanhados de modelos com o rosto do presidente e da líder socialista.

Esses modelos - azul, o de Sarkozy, e vermelho, o de Royal - têm uma série de mensagens que fazem referencia a fatos polêmicos da biografia dos dois políticos, com indicações de onde devem ser colocados as agulhas que vão no kit.

O advogado do chefe do Estado francês, Thierry Herzog, tinha enviado na semana passada uma carta à casa matriz da K&B para exigir a retirada da venda dos bonecos. Como não obteve resposta da empresa, decidiu levar o caso à Justiça por "violação do direito de imagem". EFE ac/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG