Tribunal na Índia absolve casal detido por beijar em público

Nova Délhi, 3 fev (EFE).- O Tribunal Superior de Nova Délhi rejeitou as acusações feitas a um jovem casal acusado de ato obsceno por se beijar em público.

EFE |

Segundo o jornal "The Times of India", eles foram detidos em uma estação de metrô da capital indiana em dezembro por reclamação de algumas pessoas, que passaram pelo local e se disseram incomodadas.

O juiz alegou falta de depoimentos de pessoas que realmente tivessem reclamado do casal, além de não contar o fato de que eles são casados.

Por sua vez, o homem detido, identificado apenas como Ajit, alegou que nem estava beijando sua esposa, apenas tirando fotos com seu telefone celular. Ele denunciou que, enquanto era interrogado pela Polícia, seu cartão de débito foi usado no valor de 20.000 rúpias.

Expressões de carinho em público são consideradas um tabu na Índia. Até mesmo o ator americano Richard Gere já causou polêmica ao beijar na bochecha uma atriz local em visita ao país no ano de 2007, ao promover uma campanha contra a aids. EFE amp/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG