Tribunal francês deixa em liberdade a ex-terrorista italiana Marina Petrella

Paris, 5 ago (EFE).- Um tribunal francês deixou hoje em liberdade sob controle judicial a ex-integrante das Brigadas Vermelhas Marina Petrella, condenada na Itália por terrorismo e que está em vias de extradição a território italiano.

EFE |

Até agora, a ex-terrorista permanecia hospitalizada, sob custódia policial, no hospital psiquiátrico de Sainte-Anne, em Paris, com "transtornos depressivos e suicidas" e em estado de desnutrição.

A libertação de Petrella, de 54 anos, não anula o trâmite de sua extradição à Itália, que já foi decidido pelas autoridades francesas, mas está à espera de que se resolva um recurso da defesa ao Conselho de Estado.

Petrella foi membro do grupo terrorista italiano de extrema esquerda Brigadas Vermelhas, e foi condenada na Itália em 1992 a prisão perpétua por cumplicidade no assassinato de um delegado. EFE jaf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG