Tribunal federal arquiva ação de Nova York contra fabricantes de armas

Uma corte federal de Manhattan rejeitou uma ação apresentada há oito anos pela cidade de Nova York para limitar a circulação de armas ilegais.

AFP |

O tribunal de apelações do segundo circuito rejeitou os argumentos da cidade de que os fabricantes de armas vendem seus produtos a intermediários sabendo que muitas vezes as mesmas terminam nas mãos de criminosos.

Os juízes consideraram que os fabricantes de armas estão protegidos por uma lei federal adotada em 2005 para proteger as empresas contra demandas que as considerem responsáveis por crimes cometidos com seus produtos.

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, criticou a decisão.

"Apesar desta decisão, seguiremos em nossa luta sem quartel contra as armas ilegais, nos tribunais, nas ruas e no Congresso", disse Bloomberg.

ltl/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG