Tribunal Eleitoral declara Porfirio Lobo presidente eleito de Honduras

Tegucigalpa, 21 dez (EFE).- O Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) de Honduras declarou hoje presidente eleito do país Porfirio Lobo, do opositor Partido Nacional, força que terá uma grande maioria no Parlamento graças a seu triunfo nas eleições do dia 29 de novembro.

EFE |

Além disso, declarou eleitos como designados presidenciais (vice-presidentes) María Antonieta Guillén Vázquez, Samuel Armando Reyes Rendón e Víctor Hugo Barnica Alvarado.

O Partido Nacional terá 71 das 128 cadeiras do Congresso Nacional; o Liberal, 45; a Democracia Cristã, cinco; Unificação Democrática (UD, esquerda), 4; e o Partido Inovação e Unidade-Social-Democrata (PINU-SD), 3.

O Partido Nacional também contará com 10 dos 20 deputados hondurenhos no Parlamento Centro-Americano, enquanto o Partido Liberal terá sete e os três partidos minoritários um cada um.

Segundo os resultados finais do órgão eleitoral, apurados 100% dos votos, Lobo superou por 18,47 pontos seu principal rival, Elvin Santos, do governante Partido Liberal.

Lobo somou 1.213.695 votos, 56,56%, e Santos 817.524 votos, 38,09%.

O TSE não deu detalhes sobre os níveis de participação e abstenção.

Lobo tomará posse no dia 27 de janeiro próximo, mas a maior parte da comunidade internacional não reconhece os resultados das eleições por ter sido realizada em um ambiente da ruptura constitucional por causa da retirada do poder do presidente Manuel Zelaya, no dia 28 de junho. EFE lam/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG