Lima, 2 jul (EFE).- A Sala Penal Especial da Corte Suprema do Peru declarou hoje nulo o testemunho do ex-assessor presidencial Vladimiro Montesinos, no julgamento por violação dos direitos humanos do ex-presidente peruano Alberto Fujimori.

O tribunal decidiu anular o testemunho de Montesinos depois que o braço direito de Fujimori anunciou na segunda-feira passada, de maneira surpreendente, que não responderia mais ao interrogatório da Promotoria. EFE watt/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.