Tribunal Constitucional emite nova ordem de captura contra Shinawatra

Bangcoc, 17 set (EFE).- A Suprema Corte da Tailândia emitiu hoje a terceira ordem de busca e captura contra o ex-primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, que faltou à audiência na qual a corte pretendia ler a sentença de seu primeiro julgamento por corrupção.

EFE |

A leitura da sentença do julgamento do ex-chefe de Governo e multimilionário foi adiada para 21 de outubro pela corte.

A segunda ordem de busca e captura contra Shinawatra foi emitida ontem quando ele faltou à penúltima audiência do julgamento ao qual tinha a obrigação de comparecer para depor no caso de abuso de poder.

A primeira ordem de busca e captura contra Shinawatra foi emitida em agosto pela Suprema Corte da Tailândia após o ex-primeiro-ministro violar a liberdade provisória e se exilar no Reino Unido, onde permanece até hoje.

Antes de chegar ao poder em 2001, Shinawatra repassou à mulher, aos dois filhos e a outros parentes a maior parte do conglomerado empresarial fundado por ele após deixar a Polícia, onde chegou ao posto de coronel.

Em 2006, a família do então primeiro-ministro vendeu 49,6% de uma das empresas do conglomerado para uma companhia de Cingapura em uma polêmica transação livre de impostos. EFE tai/wr/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG