Tribunal confirma julgamento de Menem por desvio de verba pública

Buenos Aires, 22 dez (EFE).- A Justiça argentina confirmou hoje que julgará o ex-presidente Carlos Menem e o ex-ministro da Economia Domingo Cavallo por peculato (desvio de verba pública).

EFE |

O caso, relativo ao pagamento de salários extras a funcionários do Governo Menem entre 1989 e 1999, chegou aos tribunais de Buenos Aires em junho.

Os juízes Eduardo Freiler, Jorge Rimondi e Mario Filozof confirmaram ainda que serão processados pelo mesmo crime o ex-ministro da Justiça Raúl Granillo Ocampo e a ex-secretária de Meio Ambiente María Julia Alsogaray, entre outros membros do Governo de Menem, que hoje é senado.

"Somas de dinheiro que originalmente estavam destinadas a gastos de caráter reservado" foram parar nas "mãos de uma grande quantidade de servidores públicos, entre ministros, secretários de Estado e subsecretários", disseram os magistrados em sua decisão, divulgada pela agência estatal "Télam". EFE ms/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG