Tribunais argelinos condenam à morte 12 terroristas da Al Qaeda

Argel, 25 dez (EFE).- Os tribunais de Boumerdès e de Tizi-Ouzou, na região da Cabília, condenaram à revelia nesta quarta-feira à pena de morte 12 membros da organização terrorista Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI), informou hoje uma fonte judicial.

EFE |

O tribunal de Boumerdès condenou à pena de morte oito terroristas que atuavam na região de Bordj Menaiel, por fazer parte de um grupo terrorista armado, financiamento e colaboração.

No início de 2006, os réus cometeram vários atentados, entre eles o assassinato de um policial em Bordj Menaiel, e a colocação de uma bomba em frente à sede comunal da mesma localidade e de outra diante de um prédio policial.

Os outros quatro terroristas receberam a mesma sentença por parte do tribunal de Tizi-Ouzou por implicação em um atentado com carro-bomba em 13 de fevereiro de 2007 nessa localidade, assim como por pertencer a um grupo armado terrorista, participação na fabricação de explosivos e homicídio voluntário. EFE sk/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG