Trezentos palestinos com passaporte estrangeiro são retirados de Gaza

Jerusalém, 8 jan (EFE).- Trezentos palestinos com passaportes estrangeiros foram retirados hoje da Faixa de Gaza, onde os bombardeios israelenses se intensificaram, no 13º dia de ofensiva.

EFE |

"Cerca de 300 pessoas, palestinos com passaportes estrangeiros ou dupla nacionalidade, estão saindo de Gaza pela passagem fronteiriça de Erez", confirmou à Agência Efe o porta-voz do Exército para a coordenação com os territórios palestinos, Peter Lerner.

Os palestinos foram levados de ônibus da Cidade de Gaza até o posto fronteiriço pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha e, deste local, foram conduzidos a Jerusalém.

Desde o início da ofensiva, mais de 700 palestinos morreram e cerca de 3 mil ficaram feridos, enquanto nove israelenses morreram, seis deles militares, e dezenas foram feridos devido ao fogo das milícias palestinas.

Ontem à noite, o Exército israelense intensificou sua ofensiva com bombardeios maciços na região de Rafah, que tinham como objetivo destruir dezenas de túneis utilizados pelas milícias para se abastecer a partir do Egito. EFE aca/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG