Quase 300 imigrantes clandestinos são considerados desaparecidos nas costas da Líbia após o naufrágio de três embarcações, anunciou a Organização Internacional de Migrações (OIM), que citou fontes diplomáticas de Trípoli.

"As autoridades líbias confirmaram os naufrágios e nossas fontes diplomáticas emn Trípoli falam de 300 personas dadas por desaparecidas", afirmou o porta-voz da OIM, Jean Philippe Chauzy.

"Ao que parece, os três barcos estavam sobrecarregados e afundaram em meio a uma tempestade. Um quarto barco em dificuldades foi rebocado até a costa", acrescentou.

Mais cedo, uma fonte do governo egípcio afirmou que um barco com 257 imigrantes clandestinos a bordo havia naufragado a 30 km das costas líbias.

A Líbia, com um litoral de 1.770 km, se transformou em um país de destino e de trânsito de imigrantes oriundos principalmente do leste e do sul da África, que seguem para Malta ou para a ilha italiana de Lampedusa, nas costas da Sicília.

dro/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.