Paris, 12 dez (EFE).- Cerca de 300 pessoas se manifestaram hoje em Paris nas proximidades da embaixada da Grécia em solidariedade com a geração 600 euros grega, sem que fossem registrados incidentes.

Um porta-voz dos manifestantes se referiu à "indignação legítima" na Grécia e, embora disse não querer fazer paralelismos, assinalou que existem "semelhanças" com a inquietação da juventude na França.

Da manifestação participou o ultra-esquerdista Olivier Besancenot, carteiro de profissão e porta-voz da Liga Comunista Revolucionária (LCR), além de Jean-Luc Mélenchon, fundador do Partido de Esquerda (PG, na sigla em francês).

Na noite de quarta-feira para quinta-feira, dois veículos foram incendiados diante do consulado da Grécia em Bordeaux.

No prédio, foram pintadas também frases alusivas aos distúrbios dos últimos dias em Atenas. EFE jaf/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.