Treze mortos em atentados em Bagdá e Mossul

Pelo menos 10 pessoas faleceram e 37 ficaram feridas nesta quarta-feira na explosão de uma bomba em um mercado de Bagdá, informaram fontes oficiais.

AFP |

Funcionários dos ministérios do Interior e da Defesa confirmaram o número de vítimas do atentado, executado no bairro de Dora.

Trabalhadores do mercado explicaram que viram um homem estacionar uma caminhonete na entrada e se afastar da porta.

"Foi uma explosão enorme, ficamos em pânico", declarou à AFP Husein Jalid, um vendedor de 35 anos.

"Havia fumaça por todos os lados e cheiro de sangue. Tivemos medo de que existisse outra bomba. Esperamos alguns minutos e depois saímos para ajudar", completou.

A capital iraquiana foi cenário nas últimas semanas de atentados em locais movimentados.

Os ataques fizeram do mês de abril o mais violento desde setembro, com 355 mortos, segundo dados oficiais.

Por outro lado, em Karrada, um bairro de comerciantes de Bagdá, um carro-bomba explodiu matando uma pessoa e ferindo sete.

Em outro incidente, um policial do ministério do Interior foi morto a bala quando circulava em seu carro no leste de Bagdá.

Por fim, um civil morreu e dois ficaram feridos na explosão de uma bomba a oeste de MOssul, último reduto urbano da Al-Qaeda, segundo o exército americano.

pho/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG