Treze imigrantes são encontrados mortos em embarcação nas Ilhas Canárias

Las Palmas de Gran Canaria (Espanha), 3 set (EFE).- Uma embarcação com 13 imigrantes mortos a bordo foi interceptada hoje por uma patrulha da Guarda Civil ao sul da ilha de Grand Canaria (arquipélago espanhol em frente à costa atlântica da África), informou um porta-voz do instituto armado.

EFE |

Na embarcação viajavam, além dos 13 mortos, outros 46 imigrantes, dois deles mulheres.

Os imigrantes foram atendidos pelas equipes de emergência na chegada ao porto de Arguineguín, e um dos sobreviventes teve de ser encaminhado a um centro de saúde, afirmou um porta-voz local.

A embarcação foi avistada a duas milhas do sul da ilha de Grand Canaria, por volta das 7h30 local (2h30 de Brasília).

Apesar do perigo da travessia, muitos subsaarianos percorrem os mais de 1.500 quilômetros entre a costa da Mauritânia e as ilhas Canárias.

Com o aumento da vigilância no estreito de Gibraltar, que separa a costa norte da África da península Ibérica, as ilhas Canárias se transformaram numas das portas de entrada à Europa da imigração ilegal. EFE as/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG