Três tempestades tropicais ameaçam o Caribe e os EUA

Miami - Três tempestades tropicais com potencial para virarem furacões - Hanna, Ike e Josephine - ameaçam de novo o Caribe e os Estados Unidos, no momento de maior atividade da atual temporada de ciclones no Atlântico.

EFE |

"Hanna", cujos ventos agora são de 100 km/h e que se transformou em tempestade tropical durante a passagem pelas Bahamas, já matou 11 pessoas no Haiti e pode voltar a virar um furacão e chegar à costa leste americana.

Segundo um provável padrão de trajetória, a "Hanna" pode vir a impactar "qualquer lugar entre o sul do estado da Flórida e a Carolina do Norte", o que abrange a Geórgia e a Carolina do Sul, disse à Agência Efe Jessica Schauer, meteorologista do Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) dos EUA.

Um modelo por computador do NHC indica que o fenômeno meteorológico pode atingir o sul do estado da Flórida em breve. Mas, de acordo com Schauer, outra projeção destaca que a tempestade pode chegar à Carolina do Norte na noite de sexta-feira ou no sábado.

Em seu boletim das 18h (de Brasília), o NHC informou que o olho da "Hanna" estava 95 quilômetros a sudeste da ilha Great Inagua, no sudeste das Bahamas, e 705 quilômetros ao sudeste de Nassau.

No momento, a tempestade apresenta ventos máximos constantes de 100 km/h, e poucas mudanças de intensidade são esperadas para as próximas 24 horas.

No entanto, os analistas prevêem um possível fortalecimento do sistema amanhã ou na próxima quinta-feira.

Por outro lado, o leste da bacia atlântica se mostra especialmente revolto com a formação das tempestades "Ike", que pode se transformar em furacão amanhã, e "Josephine".

Apesar de a tempestade "Ike" ainda "estar longe", poderá chegar no próximo domingo à mesma área onde a "Hanna" está atualmente, explicou Schauer, o que significa que o fenômeno pode atingir a Jamaica ou as Bahamas.

Segundo ela, ainda é cedo para saber se a tempestade "Ike" afetará o sul da Flórida.

Já "Josephine", a décima tempestade tropical da temporada, se formou hoje ao sudeste das ilhas de Cabo Verde e também pode virar um furacão amanhã ou na próxima quinta-feira.

Leia mais sobre: Tempestade tropical

    Leia tudo sobre: furacãotempestade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG