Três supostos membros da ETA são detidos no País Basco

Madri - Três supostos membros do grupo terrorista ETA foram detidos hoje na província basca de Guipúzcoa (norte), informaram à Agência Efe fontes da luta antiterrorista.

EFE |

Na mesma operação, a Polícia apreendeu 75 quilos de explosivos.

Os policiais revistaram pelo menos três imóveis, um deles na região industrial da localidade de Usurbil, no qual foram detidos um homem e uma mulher.

As fontes da luta antiterrorista não forneceram dados sobre a terceira detenção.

A operação, que começou na madrugada passada e que continua aberta, é dirigida pelo juiz da Audiência Nacional Baltasar Garzón.

As detenções acontecem quatro dias depois do assassinato do policial Eduardo Puelles, morto na sexta-feira na explosão de uma bomba em seu carro, que estava em um estacionamento da localidade de Arrigorriaga, na província basca de Vizcaya.

Este foi o primeiro atentado com morte perpetrado pela ETA desde a posse do novo Governo autônomo basco liderado pelo socialista Patxi López, após quase três décadas de Executivos regionais nacionalistas.

Leia mais sobre: ETA

    Leia tudo sobre: eta

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG