Três supostos dirigentes da Al Qaeda são detidos no Iraque, dizem EUA

Bagdá, 19 ago (EFE).- Doze supostos insurgentes, entre eles três supostos dirigentes da rede terrorista da Al Qaeda, foram detidos em operações realizadas ontem e hoje nas regiões central e norte do Iraque, anunciou hoje o Exército americano.

EFE |

Segundo comunicado emitido pelo comando militar dos Estados Unidos, as detenções ocorreram em Kirkuk, Beiji, Mossul e Bagdá, durante operações de verificação desenvolvidas pelas tropas da coalizão e por forças iraquianas.

Supõe-se que os três supostos dirigentes da Al Qaeda são responsáveis por dirigir uma rede que fornece componentes de explosivos de fabricação caseira de Basra, 550 quilômetros ao sul de Bagdá, até Mossul, 400 quilômetros ao norte da capital.

Segundo a nota do comando militar americano, cinco dos detidos faziam parte de uma célula que atentava com explosivos contra as tropas da coalizão e as forças iraquianas no Vale do Rio Tigre.

Milhares de supostos militantes da Al Qaeda foram detidos em distintas operações lançadas pelo Exército americano e o Exército e a Polícia iraquianos desde a invasão e posterior ocupação do país a partir de março de 2003. EFE am-cai/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG