Três soldados turcos morreram nesta sexta-feira na explosão de uma mina colocada aparentemente por rebeldes curdos no sudeste da Anatólia, anunciaram fontes de segurança locais.

O balanço anterior falava em dois militares mortos. O terceiro soldado não resistiu a seus ferimentos e morreu no hospital.

O incidente aconteceu perto da localidade de Güçlükonak (província de Sirnak), a 60 km da fronteira síria, enquanto uma unidade de soldados realizava uma operação numa área onde atuam rebeldes do Partido dos trabalhadores do Curdistão (PKK), destacaram as mesmas fontes.

O PKK usa regularmente minas comandadas à distância nessas operações contra as forças de segurança.

O PKK é considerado uma organização terrorista pela Turquia, os Estados Unidos e a União Européia. O partido luta desde 1984 pela independência do sudeste da Anatólia onde a população é majoritariamente curda. O conflito já deixou mais de 37.000 mortos.

str-BA/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.