Três soldados morrem e 13 ficam feridos em emboscada nas Filipinas

Zamboanga (Filipinas), 5 mai (EFE).- Pelo menos três soldados morreram e outros 13 ficaram feridos nesta segunda-feira (hora local) em uma emboscada de rebeldes comunistas do Novo Exército do Povo (NEP) na região sul das Filipinas, informaram fontes militares.

EFE |

O fato ocorreu pouco depois do amanhecer em uma estrada da província de Cotabato do Norte, mil quilômetros ao sudeste da capital.

Os insurgentes detonaram uma mina durante a passagem de dois caminhões do Exército, e em seguida, os guerrilheiros abriram fogo contra as tropas antes de fugir para a floresta.

O NEP, braço armado do ilegal Partido Comunista das Filipinas, conta com entre 5.700 e 7.200 combatentes regulares e vem desde 1969 lutando contra o Governo em um conflito que causa mortes quase diariamente.

Os rebeldes não aceitam o cessar-fogo exigido pela presidente do país Gloria Macapagal Arroyo para retomar o processo para se conseguir um acordo de paz durável que ponha fim a quase quatro décadas de conflitos nas zonas rurais, as mais pobres do país. EFE rp-csm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG