Três soldados e 14 talibãs mortos no noroeste do Paquistão

Três soldados paquistaneses e 14 combatentes talibãs morreram em uma vasta operação das tropas de Islamabad contra os insurgentes no noroeste do Paquistão.

AFP |

Oito talibãs morreram nos disparos de um avião paquistanês contra um refúgio dos rebeldes no distrito tribal do Waziristão Sul, na fronteira com o Afeganistão, segundo fontes oficiais dos serviços de segurança.

Em outra operação, a artilharia paquistanesa destruiu dois refúgios em um vilarejo do distrito de Baixo Dir, matando cinco rebeldes e ferindo outros cinco.

Um comunicado do Exército paquistanês informa ainda que as operações nas últimas 24 horas mataram um talibã no vale do Swat, omde pelo menos 15 insurgentes foram detidos e sete soldados ficaram feridos.

Além disso, um militar paquistanês morreu em um tiroteio com talibãs no Waziristão Sul e outros dois faleceram na explosão de uma bomba em uma mesquita da cidade de Dera Ismail Khan.

O Exército paquistanês lançou uma vasta ofensiva no fim de abril nos três distritos norteocidentais de Buner, Baixo Dir e Swat com o objetivo de expulsar os militantes talibãs.

Outra ação no distrito tribal de Jyber terminou com dois soldados feridos e 11 rebeldes detidos.

Jyber liga Peshawar, a capital da Província da Fronteira Noroeste, ao Afeganistão e é uma rota estratégica para o envio de mantimentos civis e militares a este último país, onde as tropas dos Estados Unidos executam uma grande ofensiva contra os talibãs.

la-mmg/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG