Três soldados e 12 rebeldes morrem em combates no Afeganistão

Três soldados paquistaneses e pelo menos 12 rebeldes morreram em combates consecutivos a uma emboscada contra um comboio do Exército no sudoeste do Paquistão, informou neste domingo um representante dos serviços de segurança.

AFP |

Trata-se do segundo incidente em uma semana no distrito de Dera Bugti, na província do Baluchistão, onde 30 rebeldes e seis soldados morreram em enfrentamentos no fim de semana passado.

Os combates começaram depois do ataque por insurgentes de um comboio militar, declarou o general Salim Nawaz, comandante de tropas paramilitares.

"Os soldados mataram pelo menos 12 rebeldes na contra-ofensiva", afirmou.

O Baluchistão é palco de uma insurreição liderada por rebeldes nacionalistas que pedem uma maior autonomia e uma melhor distribuição dos recursos procedentes do gás natural, abundante na região.

Além disso, a província está na fronteira com o Afeganistão, e muitos talibãs, expulsos do poder em Cabul no fim de 2001 por uma coalizão liderada pelos Estados Unidos, se refugiaram lá.

O Paquistão é abalado há mais de um ano por uma onda de atentados perpetrados por combatentes islâmicos próximos dos talibãs e da rede Al-Qaeda, que já deixou mais de 1.100 mortos em todo o país.

str/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG