Três soldados dinamarqueses, integrantes da força da Otan no Afeganistão, morreram nesta sexta-feira, e um quarto ficou ferido, quando seu veículo tocou uma mina, ou foi vítima de uma bomba, na província de Helmand (sul), informou o Exército dinamarquês.

"Três soldados dinamarqueses (...) morreram, e um ficou ferido nesta sexta-feira à tarde quando seu veículo blindado tocou uma bomba, ou uma mina", anunciou o Exército em um comunicado.

Já morreram 21 soldados dinamarqueses no Afeganistão desde que integraram a Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), sob o comando da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em 2001.

A Dinamarca conta com 700 soldados no Afeganistão, a maioria em Helmand.

po/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.