Três soldados da Isaf morrem no sul do Afeganistão

Cabul, 1 ago (EFE).- Pelo menos três soldados da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) morreram hoje vítimas de dois artefatos explosivos quando patrulhavam no sul do Afeganistão, informou a própria organização, em comunicado.

EFE |

O incidente ocorreu em um ponto indeterminado do sul do país, segundo a nota, que não precisou mais circunstâncias nem as nacionalidades dos mortos, à espera de que a autoridade nacional afetada que realize o anúncio de suas identidades.

"Nossos pensamentos e orações vão para os entes queridos desses valentes soldados. Embora muito difíceis de aceitar, seus sacrifícios não serão em vão", disse, na nota, o brigadeiro-general Eric Tremblay, porta-voz da organização.

O sul do Afeganistão, e em particular a província de Helmand, foi cenário nas últimas semanas de diversas operações das tropas internacionais contra os insurgentes talibãs, a fim de garantir a realização das eleições presidenciais.

Os afegãos estão convocados às urnas em 20 de agosto, mas os talibãs pediram que os cidadãos boicotem o pleito. EFE nh-daa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG