Três soldados americanos serão julgados por um tribunal militar pelo assassinato premeditado de quatro iraquianos anunciou nesta quarta-feira em um comunicado uma unidade das forças americanas baseada na Alemanha.

O adjunto John E. Hatley, 40 anos, o sargento Joseph P. Mayo, 27 anos, e o sargento Michael P. Leahy, 26, são acusados por atos que aconteceram entre março e abril de 2007 em Bagdá, informou o comando conjunto multinacional de treinamento en Grafenwohr (oeste da Alemanha).

Não foram divulgados detalhes da acusação.

O jornal New York Times informou no fim de agosto que vários acusados haviam reconhecido que os três soldados atiraram e mataram quatro prisioneiros iraquianos algemados e com os olhos vendados.

Os soldados, atualmente na Alemanha, serão julgados pelo assassinato com premeditação, conspiração e obstrução da justiça.

Hatley e Leahy também são acusados de outro crime, em um incidente que ocorreu no início de junho de 2007, perto de Bagdá.

Leia mais sobre Iraque

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.