Três soldados americanos e intérprete morrem em Bagdá

Três soldados americanos e o intérprete que os acompanhava morreram nesta segunda-feira, durante operações de combate na violenta província de Dyala, a nordeste de Bagdá, anunciou em um comunicado a Força Multinacional.

AFP |

Junto com a província de Ninive (noroeste), Dyala é um dos últimos feudos dos insurgentes e da Al Qaeda.

Segundo um balanço da AFP a partir das informações do site independente www.icasualties.org, o número de soldados americanos mortos no Iraque desde a invasão do país em março de 2003 chega a 4.250.

sk/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG