Três reféns alemães liberados no Iêmen ainda estão em Sanaa

Os três reféns alemães liberados na sexta-feira por seus seqüestradores após cinco dias de cativeiro no Iêmen continuam neste sábado na capital Sanaa, ao contrário do dito anteriormente pela embaixada alemã.

AFP |

Mais cedo, um responsável da embaixada anunciou que os ex-reféns haviam partido em avião para seu país de origem.

"A arquiteta alemã Julia Thielebein, que trabalha no Iêmen há dez anos, e seus pais, que a estavam visitando quando foram seqüestrados, mudaram de programação no último momento e, ao meio dia, ainda estavam em Sana", indicou uma fonte próxima à embaixada da Alemanha.

A fonte não informou as razões da mudança de programação, nem quando os três deixarão o Iêmen.

Seqüestrados domingo, os três alemães foram liberados ontem graças à mediação de um chefe da tribo dos Bani Dhabyane, à qual pertencem os seqüestradores.

mou/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG