Três povoados próximos ao vulcão Mayon amanhecem cobertos por cinza

Manila, 22 dez (EFE).- Pelo menos três povoados próximos ao vulcão Mayon, nas Filipinas, amanheceram hoje cobertos por cinza, enquanto continua aumentando a atividade do monte e os vulcanólogos acreditam que uma erupção é questão de dias ou inclusive horas.

EFE |

Os residentes não foram afetados pelo pó já que puseram máscaras antigás distribuídas em todas as localidades próximas, informaram as autoridades.

Nas próximas horas se espera a evacuação de todos os moradores em um raio de dez quilômetros perto da cratera, embora dezenas de camponeses desalojados continuam escapando de noite para adentrar na área de perigo e colher suas plantações e recolher animais.

Segundo o governador da província filipina de Albay, Joey Salceda, algumas pessoas já foram evacuadas pelos soldados em três ocasiões, ignorando o perigo de uma erupção, embora oficialmente já tenha sido tiradas dali mais de 50 mil pessoas, cerca de 85% da população.

As explosões dentro do interior do vulcão já podem ser escutadas do posto de observação do Mayon em Ligñon Hill, a quase 12 quilômetros de distância.

Desde o domingo à noite, a atividade do monte continua aumentando com tremores e jatos de lava saindo acima da cratera, por isso que uma erupção está cada vez mais perto.

Rios de lava já fluem sem interrupção ao longo de três gargantas do monte e durante a noite foram sentidos centenas de tremores, e fontes de magma incandescente fervem a 200 metros da cratera, segundo o Instituto de Vulcanologia e Sismologia do país. EFE csm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG