Três pessoas morrem em explosão de edifício residencial em Moscou

Moscou, 4 abr (EFE).- Três pessoas, entre elas uma mulher e uma criança, morreram hoje na explosão ocorrida em um edifício residencial no distrito norte de Moscou, informou hoje o Ministério de Situações de Emergência.

EFE |

As equipes de bombeiros encontraram dois corpos em um dos apartamentos onde ocorreu o incêndio, que se propagou por três andares dps 22 que o prédio possui, acrescentou a fonte oficial citada pela agência "Interfax".

Mais tarde, os bombeiros encontraram também o cadáver de um homem e informaram que as três vítimas perderam a vida com a queda dos tetos que separavam o 11º andar - onde de fato ocorreu a explosão e o incêndio - das plantas inferior e superior.

Cerca de vinte pessoas, entre elas um adolescente de quatorze anos, tiveram que ser evacuados pelos bombeiros que os transferiram a um ponto de assistência médica improvisado em uma escola das imediações.

Segundo a Polícia local, a causa do acidente pode ser a explosão de um bujão de gás de cozinha de um dos moradores do imóvel ou de um contêiner de líquidos dissolventes inflamáveis.

O prefeito de Moscou, Yuri Luzhkov, que foi pessoalmente ao local, descartou categoricamente a possibilidade de um atentado, acrescentando que, o mais provável, é que tenha sido causado por obras de fundição que eram feitas em um dos apartamentos.

Devido ao incêndio tiveram que ser evacuados os residentes em vários dos apartamentos e paralisado o trânsito da principal rua adjacente. EFE io/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG