Bagdá, 5 bar (EFE).- Três pessoas - entre elas duas crianças e todas de uma mesma família - morreram e outras oito ficaram feridas em um ataque aéreo ontem das tropas da coalizão internacional, na cidade de Basra, no sul do Iraque, informaram ontem à noite fontes de segurança iraquianas.

Segundo as fontes, que citam testemunhas locais, as vítimas foram atingidas pela explosão de um foguete lançado contra uma casa na área de Al Hayatiya, no oeste de Basra.

O fato aconteceu durante combates travados entre forças combinadas de tropas iraquianas e da coalizão e milicianos do "Exército Mehdi", liderado pelo clérigo radical xiita Moqtada al-Sadr, disseram as fontes.

Os confrontos de ontem parecem ser resquícios da chamada "batalha de Basra", que na semana passada foi travada por tropas governamentais com o "Exército Mehdi", e que acabou com 200 insurgentes mortos, segundo os números divulgados na quinta-feira passada pelo Ministério do Interior.

O general Abdel Karim Khalaf, porta-voz do Ministério, explicou que, além disso, 700 rebeldes ficaram feridos e 300 mais foram detidos nestes choques, os mais graves em Basra desde que o Exército britânico transferiu as tarefas de segurança na província ao Governo iraquiano.

am-aj/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.