Um Boeing 747-200 da empresa americana de transporte de cargas Kalitta Air, que partiu de Bogotá, caiu nesta segunda-feira sobre uma fazenda do povoado colombiano de Madri, causando a morte de três moradores.

"O avião se acidentou quando tentava regressar a Bogotá depois de registrar um incêndio num dos motores", explicou Donald Tascón da Aviação Civil da Colômbia.

As três vítimas são agricultores, um adulto e duas crianças, que ocupavam uma humilde casa sobre a qual caiu uma das turbinas que se desprendeu da aeronave.

Os oito tripulantes da aeronave sobreviveram e foram hospitalizados com graves ferimentos.

O avião caiu minutos depois de levantar vôo do aeroporto de El Dorado de Bogotá. Seu destino era Miami.

O coronel Fabio Castañeda, da polícia de Bogotá, disse que o aparelho, um jato do tipo 747-200 de carga, apresentou situação de emergência dois minutos depois de decolar.

No local ficaram os restos queimados da aeronave dispersos em um raio amplo. A cabine foi destruída, não tendo, no entanto, sido afetada pelo fogo.

O coronel Fabio Castañeda, da polícia de Bogotá, confirmou que o aparelho "era um jet tipo 747-200 de carga" acrescentando que os oito tripulantes foram retirados pelas equipes de socorro e que quatro deles estão fora de perigo; os demais sofreram ferimentos mais severos.

O diretor do hospital local, Hernando Durán, disse que entre as pessoas que nada sofreram estão o piloto e um dos tripulantes, ambos americanos.

hov/cn/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.