Tamanho do texto

Duas explosões na capital etíope de Addis Abeba na noite de segunda-feira causaram a morte de três pessoas e 18 feridos, segundo a polícia federal.

A polícia se negou a apontar os responsáveis pelos atentados antes do fim das investigações, mas não descartou a possibilidade da participação dos grupos rebeldes da Frente Nacional de Libertação de Ogaden (ONLF) ou da Frente de Libertação de Oromo (OLF), dois movimento separatistas contrários ao regime do primeiro-ministro Meles Zenawi e muito ativos em algumas regiões do país.

str-eg/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.