Três militantes do Hamas são mortos por míssil israelense

Três combatentes do movimento islamita Hamas morreram, nesta quinta-feira à noite, na Faixa de Gaza, por um disparo de míssil israelense que também feriu outros dois palestinos, anunciaram os serviços de urgência locais.

AFP |

De acordo com essas fontes, três membros das Brigadas Ezzedin al-Qassam, braço armado do movimento, perderam a vida, e outros dois palestinos ficaram feridos, quando um míssil israelense caiu sobre o campo de refugiados de Jabaliya, ao norte da cidade de Gaza.

Ao ser consultada pela AFP, uma porta-voz militar em Tel Aviv se limitou a dizer: "realizou-se um ataque aéreo contra a Faixa de Gaza".

"O ataque foi dirigido contra um grupo de terroristas que se preparava para disparar foguetes contra Israel, de um cemitério de Jabaliya, e constatamos que esse grupo foi alcançado", especificou outro porta-voz militar israelense.

Anteriormente, cerca de 50 obuses de morteiro e foguetes disparados da Faixa haviam caído sobre o sul de Israel, ferindo uma mulher, segundo fontes militares e socorristas israelenses.

Tudo isso acontecia, enquanto Hamas e Israel negociavam um acordo de cessar-fogo sob mediação egípcia.

Pelo menos 508 pessoas, membros, em sua maioria, de grupos armados palestinos, morreram em episódios de violência desde que foram retomadas as negociações de paz entre ambos os lados, no final de novembro, nos Estados Unidos, de acordo com balanço da AFP.

az-chw/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG