Três mil burros para levar cédulas eleitorais a zonas remotas do Afeganistão

As autoridades afegãs farão uso de mais de 3.000 burros para levar milhões de cédulas eleitorais às zonas mais remotas do país durante as eleições presidenciais e provinciais de 20 de agosto, informou uma fonte da ONU.

AFP |

Algumas zonas do Afeganistão são inacessíveis por estrada e isso obrigou as autoridades eleitorais a pensar em soluções alternativas para que o material necessário para a votação chegue a esses lugares a tempo da jornada eleitoral.

O chefe da missão de assistência da ONU no Afeganistão, Kai Eide, explicou que os animais serão usados principalmente para levar as cédulas às zonas do norte do país, mantidas isoladas pelas montanhas de Hindu Kush.

O funcionário classificou essa operação como um dos exercícios eleitorais mais exigentes que já viu e destacou o esforço afegão para organizar a votação.

O Afeganistão é um dos países mais pobres do mundo e 80% de sua população vive em zonas rurais, que, em sua maioria, sequer têm eletricidade.

cm/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG