Três gigantes da eletrônica se declaram culpadas de fazer acordo sobre preço nos EUA

Três gigantes asiáticos do setor eletrônico, LG, Sharp e Chunghwa Pictures Tubes, se declararam culpados de terem chegado a um acordo sobre os preços das telas LCD nos Estados Unidos, e aceitaram pagar uma multa total de 585 milhões de dólares, informou nesta quarta-feira o departamento americano da Justiça.

AFP |

As acusações são relativas ao período setembro de 2001 a dezembro de 2006, num momento em que o mercado mundial das telas LCD era avaliado em 70 bilhões de dólares.

A sul-coreana LG, a segunda maior companhia do setor eletrônico do país depois da Samsung, terá de pagar 400 milhões de dólares, a segunda multa mais alta já infligida pela divisão antitruste do departamento da Justiça, destacou o ministério americano em comunicado.

O grupo japonês Sharp pagará multa de 120 milhões de dólares, enquanto a taiwanesa Chunghwa Picture Tubes (CPT) terá que pagar 65 milhões de dólares, segundo o comunicado.

cl/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG