Lagos, 12 jan (EFE).- Três trabalhadores petroleiros britânicos e um colombiano foram sequestrados hoje por homens armados, que mataram um policial e feriram um motorista nigerianos, na região do Delta do Níger, no sul da Nigéria, informaram as autoridades.

Os quatro sequestrados, que trabalham para uma subcontratada da multinacional petrolífera Shell, viajavam da cidade de Port Harcourt, capital do estado de Rivers, para a estação de Afam, no estado de Abia, quando foram capturados.

A porta-voz da Polícia do estado de Rivers, Rita Abbey, disse aos jornalistas que os trabalhadores estrangeiros foram sequestrados por volta das 7h15 (4h15 de Brasília).

O sequestro, acrescentou Abbey, aconteceu em Obehie, no estado de Abia, cerca de 25 quilômetros ao sul de Port Harcourt, onde fica a base da empresa dos trabalhadores.

Os pistoleiros mataram o policial nigeriano que escoltava os estrangeiros sequestrados e roubaram a arma do agente, enquanto o motorista do veículo no qual viajavam ficou ferido a tiros e se encontra em estado crítico, segundo Abbey.

"Oferecemos 2 milhões de nairas (US$ 13 mil) de recompensa por informação que possa ajudar na libertação dos estrangeiros e na detenção dos criminosos", disse a porta-voz policial.

Nenhum grupo assumiu a autoria do sequestro, em uma área muito perigosa onde atuam grupos guerrilheiros e quadrilhas de criminosos armados.

Os sequestros para conseguir um resgate são muito frequentes no Delta do Níger e, nos últimos anos, se espalharam a toda a região sudeste da Nigéria. EFE da/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.