BAGDÁ - Três atentados cometidos nesta terça-feira na cidade de Kirkuk, no norte do Iraque, causaram a morte de quatro pessoas, três delas da mesma família, e feriram três militares, informaram fontes policiais.

As fontes disseram que um homem armado entrou na casa da família no bairro de Riad, no sudoeste da cidade, 250 quilômetros ao norte de Bagdá. O agressor atirou contra a família e matou dois irmãos e um filho, antes de fugir de carro. Não se sabe os motivos do ataque.

Outra pessoa foi assassinada da mesma forma no sul de Kirkuk, cidade onde convivem curdos, árabes e turcos, e onde a tensão aumentou nas últimas semanas.

Em outro incidente, três militares iraquianos - um coronel, um capitão, e um soldado - ficaram feridos devido à explosão de uma bomba colocada na estrada na passagem de seu veículo, no centro da cidade.

Além disso, um porta-voz da Polícia de Baquba, capital da província de Diyala, ao nordeste de Bagdá, informou sobre a detenção de Zeidan Abdel Ahmed al-Majmaie, identificado como o irmão do líder da Al Qaeda no Iraque, Omar al-Baghdadi.

A detenção aconteceu em Jalula, 70 quilômetros ao sul de Baquba, segundo as fontes, que não especificaram quando aconteceu a captura.

Nas últimas semanas, vieram à tona várias informações contraditórias em torno da figura de Baghdadi, que, em várias gravações, disse que está em liberdade, enquanto o governo iraquiano confirmou em março sua detenção e publicou também vários vídeos para provar isso.

Leia mais sobre Iraque

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.