Três argelinos, que estavam presos na prisão americana de Guantánamo, chegaram nesta terça-feira a Sarajevo, depois que um juiz ordenou sua liberação no mês passado, informou uma fonte policial.

"Eles estão aqui, estão sendo interrogados", indicou a fonte policial a um fotógrafo da AFP na sede da Agência Bósnia Central de Investigação e Segurança em Sarajevo.

Estes traslados são as primeiras libertações do campo de detenção de Guantánamo efetuadas pela administração do presidente George W. Bush por ordem da justiça.

Os três fazem parte de um grupo de seis argelinos residentes na Bósnia presos no fim de 2001 pela polícia bósnia, suspeitos de preparar um atentado contra a embaixada americana em Sarajevo.

anh/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.